28 de fevereiro de 2011

Segurança discrimina casal Gay no cinema e recebe vaia do público

Thiago Soliva e João Batista

A sessão do filme Cisne Negro, no cinema Roxy, no Rio de Janeiro, teve um início agitado. É que, antes mesmo de a sessão começar, quando as luzes ainda estavam acesas, um segurança do cinema repreendeu Thiago Soliva e João Batista, que estavam trocando um beijo apaixonado.

O segurança se aproximou do casal e disse: "Aqui não é lugar disso". Os rapazes reagiram indignados e, em alto e bom som, afirmaram que eram Homossexuais e estavam no direito deles de se beijarem no cinema. O segurança insistiu, afirmando que o cinema "não é lugar disso".

Foi então que a plateia presente se manifestou a favor dos Gays, vaiando o segurança! Uma senhora, que estava com seu companheiro, afirmou: "Desde sempre as pessoas vêm ao cinema para namorar".

Um grupo de moças, demonstrando uma forte indignação, argumentou: "Se fosse um casal heterossexual podia se beijar, como é um casal Gay não pode? Que absurdo!".

Mas, a defesa mais veemente veio de um machão, que estava junto com a companheira. Quando o segurança reclamou de os rapazes estarem se beijando, o bofe retrucou: "Por acaso eles estavam beijando a tua boca?"...

Realmente o público ficou chocado com o preconceito ostensivo do segurança. Fato é que, depois do barraco, a sessão do filme Cisne Negro transcorreu normalmente. Inclusive com uma caliente cena de beijo entre as atrizes Natalie Portman e Mila Kunis...

2 comentários:

  1. Ai que bom as pessoas estão se conscientizando.
    Adoreiiii

    ResponderExcluir
  2. Ai que bom as pessoas estão se conscientizando.
    Adoreiiii[2]

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails