30 de outubro de 2011

Morre na Dinamarca o pioneiro da causa GLBT

Axel Lundahl-Madsen Axgil

Aos 96 anos, no dia 29 de outubro, morreu na Dinamarca um dos ativistas pioneiros da causa GLBT no mundo, fundador da Associação Nacional Dinamarquesa dos Direitos GLBTs, a Landsforeningen for Bøsser, Lesbiske, Biseksuelle og Transpersoner.

Ele foi o responsável pela conquista do casamento entre pessoas do mesmo sexo na Dinamarca, ainda em 1989. Assim que a lei foi aprovada, Axel casou-se (no dia 1 de Outubro de 1989) com o seu namorado, o também ativista Eigil Eskildsen Axgil, que morreu em 1995, aos 73 anos.

O sobrenome Axgil adotado pelo casal, que viveu junto por 46 anos, é a junção do primeiro nome dos dois.

25 de outubro de 2011

Paraná ganha projeto de lei para multar quem praticar homofobia

Deputado Tadeu Veneri

Um projeto de lei muito importante foi apresentado na Assembleia Legislativa do Estado do Paraná (ALEP). Criada pelo deputado Tadeu Veneri, a proposta quer punir quem discriminar Homossexuais, Travestis e Transexuais por conta de sua orientação sexual ou identidade de gênero.

Segundo o projeto, quem discriminar pode leva advertência e multa em caso de reincidência de até R$ 60 mil, no caso de um estabelecimento grande. Se for um estabelecimento pequeno, pode ter sua licença estadual de funcionamento cassada. As denúncias podem ser feitas pelas ONGs, pela vítima e ainda órgãos públicos competentes.

O projeto de lei proíbe a discriminação sob a forma de violência verbal, moral ou física, proibir o ingresso, discriminar com atendimento diferenciado, demitir do emprego ou dispensar de entrevista por causa da orientação sexual, sobretaxar e ainda a discriminação ou censura de afeto em público, desde que seja algo permitido aos demais casais.

A lei é voltada a pessoas, instituições e até funcionários públicos ou autarquias do governo. Ótimo exemplo a ser seguido por TODOS os estados brasileiros.

22 de outubro de 2011

Jogador hétero de Rugbi sofre AVC e acorda Gay

Chris Birch

Chris Birch, de 26 anos, tentava dar um salto mortal de costas em frente a amigos em um campo, quando caiu, quebrou o pescoço e sofreu um derrame. "Eu acordei Gay e ainda sou Gay", disse ele à mídia britânica.

"Sei que parece estranho, mas quando ganhei consciência, eu imediatamente me senti diferente. Eu não estava mais interessado em mulheres. Eu era definitivamente Gay. Eu nunca tinha sentido atração por homens antes - eu nunca tive nem amigos Gays."

Antes do acidente, Birch passava os fins de semana assistindo a programas de esportes na TV e bebendo com amigos. "De repente, eu passei a odiar tudo na minha vida antiga. Não me dava bem com meus amigos, odiava esporte e achava meu emprego (em um banco) chato", conta ele.

"Eu comecei a me preocupar mais com minha aparência, pintei o cabelo e comecei a malhar. Mudei de um skinhead de 120kg a um homem bem cuidado de 70kg".

Além de terminar o noivado e parar de jogar rugbi, ele mudou de profissão: passou a ser cabeleireiro. Hoje, ele vive com o namorado em um apartamento em cima do salão onde trabalha.

Birch diz que seu neurologista explicou que o derrame pode ter aberto uma parte diferente de seu cérebro, explicação que é considerada aceitável pela Associação Britânica de AVC.

"Durante a recuperação, o cérebro faz conexões neurais que podem despertar coisas das quais as pessoas não tinham consciência, como um novo sotaque, língua ou talvez uma sexualidade diferente", disse o porta-voz Joe Korner.

Apesar das grandes mudanças em sua vida, Birch diz que não se arrepende da transformação. "Acho que sou mais feliz agora do que nunca".

19 de outubro de 2011

Ator Marco Nanini finalmente se assume Gay


Um dos mais respeitados atores do teatro, da televisão e do cinema brasileiros, Marco Nanini, 63 anos, sempre muito discreto com sua vida amorosa, resolveu soltar o verbo e falou sobre como anda seu coração em entrevista à revista de cultura “Bravo!”.

Nanini se mostra tranquilo sobre sua vida amorosa, que segundo ele foi muito bem vivida até hoje, e revela que “às vezes, pintam umas namoradas, uns namorados... namoradas, não. Namorados... mas, se não pintam, sem problemas. Já vivi o que necessitava viver nessa seara”.

Experiente, ele falou ainda sobre sucesso e deu conselhos para quem está começando. “Comparo o sucesso com a luz de um daqueles holofotes giratórios. Num momento, o foco ilumina você. No momento seguinte, o abandona e não volta nunca mais. Todo artista em evidência deveria se preparar para quando o sucesso se retirar. Eu tento, seja garimpando outros interesses, seja tratando os elogios com maturidade”.

16 de outubro de 2011

Adoções por Casais Homossexuais triplicaram na última década


Um estudo minucioso feito nos Estados Unidos e publicado pela agência Associated Press mostrou que o número de adoções por casais Homossexuais triplicou nos últimos dez anos.

O relatório indica que os Estados onde esse tipo de adoção mais cresceu foram Nova York, Massachusetts, Califórnia e Texas.

Felizmente, o fato de muitas restrições terem sido derrubadas pelas leis dos Estados ajudou a aumentar o número de adoções entre Gays e Lésbicas.

A partir do reconhecimento legal de direitos iguais para os GLBTs, novas famílias puderam se formar e cada vez mais lares são constituídos por pais e filhos ou mães e filhos.

13 de outubro de 2011

Apresentador de jornal americano se assume Gay ao vivo na TV

Dan Koeffler

O ator norte-americano Zachary Quinto saiu do armário nesta semana e, além disso, incentivou mais gente da televisão a se assumir também. Ao dar a notícia da saída do armário de Zachary, o âncora da emissora ABC Dan Kloeffler aproveitou e também se assumiu Gay, no ar e ao vivo.

Dan se assumiu dizendo que gostaria de marcar um encontro com Zachary, pois gostaria de namorar um ator.

Em seu blog, ele explicou depois da brincadeira: "eu nunca contei no ar que sou Gay, embora isso não seja segredo para a minha família... Mas pela mesma razão que Zach decidiu revelar sua orientação sexual, eu também resolvi que não quero mais esconder que isso faz parte da minha vida".

"Como jornalista, não quero ser a história, e sim um homem Gay que não quer permanecer quieto quando posso dar inspiração e força para as crianças que sofrem pelo que são".

10 de outubro de 2011

Ator Zachary Quinto da série Heroes e Jornada nas Estrelas se assume Gay

Zachary Quinto

O ator Zachary Quinto, que viveu o Spock no filme Jornada nas Estrelas e atuou na série Heroes, revelou sua Homossexualidade em entrevista à New York Magazine.

O assunto veio à tona ao comentar a peça Angels of America, em que ele interpreta um Gay. "A peça me fez perceber como estou feliz de ter nascido quando nasci, de não ter de testemunhar a dizimação de toda uma geração de homens incrivelmente talentosos. Foi a coisa mais desafiadora que fiz como ator e a mais recompensadora. E, ao mesmo tempo, como um homem Gay, isso me fez sentir que ainda há muito trabalho a ser feito. Ainda há tantas coisas que precisam ser olhadas e tratadas", disse.

Ainda que a imprensa sempre tenha desconfiado do rapaz, ela nunca o pressionou. Ele se assumiu por livre e espontânea vontade, depois que o adolescente Gay Jamie Rodemeyer, de 14 anos, se suicidou por não aguentar mais o bullying homofóbico que sofria. Para Zachary, adultos Gays (em especial os mais famosos) devem se assumir para mostrar a esses adolescentes que tudo melhora quando adulto. É o que ele fez.

“A morte de Jamie me fez ver que viver uma vida Gay sem torná-la pública simplesmente não é suficiente para contribuir de forma significativa para o trabalho imenso que ainda falta percorrer no caminho para a total igualdade", completou.

7 de outubro de 2011

Europa ganha seu terceiro prefeito Gay assumido de uma capital de país

Xavier Bettel

O recém-eleito prefeito de Luxemburgo, Xavier Bettel, acaba de entrar para a história: ele é o terceiro mandatário abertamente Homossexual de uma capital europeia. Paris e Berlim são as outras duas.

Bettel tem 38 anos, venceu a primeira eleição para deputado aos 22 anos, e é conhecido por sempre estar com o marido em eventos oficiais, sem nenhum problema, e por defender a cidadania LGBT.

O político afirma que a orientação sexual dele não foi levada em conta pelos eleitores, nem de forma positiva, nem negativa. ”As pessoas não nos julgam pelo fato de sermos ou não Homossexuais. Os eleitores me escolheram pelo meu equilíbrio, minha personalidade. E não pela minha sexualidade”, disse à Têtu, publicação Gay francesa.

4 de outubro de 2011

Uruguai lança programa social do governo voltado para Transexuais


O governo uruguaio resolveu ampliar dois programas sociais para que estes possam auxiliar também a comunidade Transexual. São eles: Cartão Alimentício, distribuído para os que estão na extrema pobreza; e o chamado Uruguai Trabalha, que oferece benefícios em troca de trabalhos para alguma instituição pública e prevê pagamento mensal de cerca de R$ 360.

"Até agora, nossos programas sociais não davam acesso específico às Transexuais. Com este programa, queremos abrir espaço para três questões: identidade, alimentação e inclusão social e trabalhista", disse o diretor nacional de política social do Ministério de Desenvolvimento Social do país, Andrés Scagliola, à BBC Brasil.

Segundo Scagliola, o objetivo do programa será tirar as Transexuais da marginalidade social. “Nossos programas sociais preveem benefícios para famílias que têm filhos menores de 18 anos e renda insuficiente para uma vida digna. Mas eles (os projetos) não previam esta ajuda para as Transexuais", explicou o diretor.

As Transexuais interessadas vão poder se inscrever no ministério a partir de janeiro de 2012. "(As participantes do programa) serão cadastradas como Transexuais e atendidas com ajuda alimentar ou uma renda fixa a partir de trabalhos para instituições públicas, como melhorias numa praça ou numa escola, por exemplo", afirmou Scagliola.

1 de outubro de 2011

Ator Sean Maher da série Playboy Club revela que é Gay

Sean Maher

O ator Sean Maher, da série "Playboy Club", que estreou recentemente nos Estados Unidos, revelou em entrevista à revista Entertainment Weekly que é Gay.

O ator também revelou que é pai de duas crianças, que ele adotou em conjunto com seu marido de nove anos, Paul. "Sinto como se esse fosse um baile em que estou finalmente sendo apresentado ao mundo como eu sou - eu estava morrendo de vontade de fazer isso!", revelou.

Maher contou que nunca questionaram sua sexualidade em entrevistas. Segundo o ator, em 1997, quando ele se mudou para Los Angeles, na Califórnia, para tentar emplacar a carreira de ator, sua equipe simplesmente assumiu que ele fosse hétero - e ele não teve coragem de corrigi-los.

"Logo antes de eu me mudar de Nova York, meu empresário me disse: “você precisa arranjar logo uma garota ou as pessoas vão começar a comentar”.

“Eu lembro de responder a ele que eu era Gay. Ele não tinha ideia! E aí me disse”: “mais um motivo para você arranjar uma garota”, contou. Segundo Maher, seu agente também não o encorajou a se revelar publicamente. "É melhor deixar as suas opções abertas. Bissexual, talvez?", disse.

Maher decidiu permanecer no armário porque tinha medo de que a revelação pudesse arruinar sua carreira. "Eu fui tão longe a ponto de ter relações com mulheres algumas vezes. Foi uma época muito confusa para mim", admitiu.

O ator, que desde então trocou de empresário e de agente, deu crédito à própria família por encorajá-lo a se revelar publicamente. "Eu tenho filhos maravilhosos e uma família extraordinária. Pensar de qualquer maneira que seja que isso é errado ou que existe alguma vergonha em ser dessa forma me deixa enojado", completou.
Related Posts with Thumbnails