23 de março de 2015

Casal de meninos de 13 anos dão o beijo Gay mais jovem da TV

Um beijo de amor puro e verdadeiro

Dois garotos de 13 anos se beijaram carinhosamente na tela às 20h, em TV aberta nos Estados Unidos, no dia 02 de março.

A linda cena da série "The Fosters", cuja produtora executiva é a cantora Jennifer Lopez, foi protagonizada por Jude Foster (interpretado por Hayden Byerly) e seu colega de escola Connor (Gavin MacIntosh). Os rapazes marcaram a história norte-americana por mostrar o beijo do casal do mesmo sexo mais jovem na TV do país.


O casal formado por Jude e Connor já era muito esperado pelos fãs do seriado. O personagem de Hayden Byerly integra a família Foster e desde o inicio do seriado, em junho de 2013, havia deixado claro que é Homossexual.

A série também traz um casal de mães Lésbicas que decidem se casar e, além dos próprios filhos, adotar outras crianças que precisam de um lar. Stefanie Foster (Teri Polo) e Lena Foster (Sherri Saum) formam o casal matriarca da família. A primeira é policial e a outra trabalha como vice-diretora de um colégio.

A forma como o seriado lida com o tema Gay na TV aberta já rendeu dois prêmios do Glaad Media Awards, organizado pela ONG Gay & Lesbian Alliance Against Defamation (GLAAD), em 2014.

Foram prêmios de melhor série dramática e de vanguarda, entregue para Jennifer Lopez. The Foster também ganhou o Teen Choice Awards como melhor série estreante.

O beijo, contudo, demorou para aparecer. Ainda na primeira temporada, eles vão acampar com o colégio e dividem a mesma barraca, em um episódio exibido ainda em 2014. A cena dá a entender que eles se beijam dentro da barraca, mas infelizmente não mostra o beijo.

Episódios depois, Connor leva uma garota ao cinema, e Jude vai junto. Os dois ficam de mãos dadas durante a sessão, algo bem romântico. O beijo era só uma questão de tempo.

Agora, Jude e Connor conversam no quarto. Connor desabafa e diz não entender porque Jude o beijou na barraca e segurou sua mão no cinema. Jude, finalmente, o beija na boca para demostrar seu amor. E 'The Fosters' entrou para a história.

Marcos Pasquim e Marcello Melo interpretam um casal Gay em Babilônia

Casal Gay reflete a diversidade da sociedade

A novela das nove, “Babilônia”, tem mais um casal Homossexual, dessa vez vivido por Marcos Pasquim e Marcello Melo Jr.

Na novela, Carlos Alberto (Pasquim) é um treinador de saltos ornamentais que namora o professor de slackline Ivan (Melo Jr.). O primeiro será enrustido e o segundo, assumido.

A história de ambos se cruza com a do outro casal Homo da novela, o formado por Teresa (Fernanda Montenegro) e Estela (Nathália Timberg).

O filho delas, Rafael (Chay Suede), sofrerá com o bullying no colégio por ser criado por um casal de Lésbicas.

Um de seus algozes será justamente o filho de Carlos Alberto, o homofóbico Fred (Filipe Ribeiro), que nem imagina que seu pai tem um namorado lindo.

Pastor Rob Bell revela que as igrejas estão a um passo de aceitar o Casamento Gay

Pastor Rob Bell está modernizando sua igreja

O pastor e escritor Rob Bell afirmou que as igrejas evangélicas estão a um passo de abraçarem o Casamento Gay nos Estados Unidos, e que ele crê que esse seja o momento certo para isso.

A afirmação do ex-líder da megaigreja Mars Hill Bible Church, em Michigan, foi feita em uma entrevista à apresentadora Oprah Winfrey.

Ao lado de sua esposa, Kristen, Rob Bell foi ao talk-show de Oprah para falar sobre o lançamento de seu novo livro, The Zimzum of Love: A New Way of Understanding Marriage (A dinâmica do amor: A nova maneira de entender o casamento).

A apresentadora comentou, durante o enunciado de uma pergunta ao pastor, que achava fantástico que ele tivesse incluído a união de pessoas do mesmo sexo como um dos exemplos do livro, e questionou o motivo de ele ter optado por falar sobre um tema tão controverso.

Bell, que se manifestou favorável ao Casamento Gay em 2013, disse que uma das piores coisas que pode acontecer a um ser humano é a falta de companhia: “Uma das mais antigas dores nos ossos da humanidade é a solidão. Solidão não faz bem ao mundo. Seja você quem for, Gay ou hétero, é totalmente normal, natural e saudável querer alguém com quem passar a vida. É fundamental para a nossa humanidade. Queremos alguém para com quem fazer a viagem [da vida]”, argumentou.

Diante dessa resposta, Oprah questionou Bell sobre sua visão do estágio de aceitação do Casamento Gay pelas igrejas evangélicas. E o pastor disse que o tema está “evoluindo” nas denominações.

“Muitas pessoas já estão lá. Achamos que é inevitável e estamos a momentos de distância da aceitação da igreja”, disse Rob Bell, que acrescentou que a seu ver, a igreja irá “se tornar ainda mais irrelevante” se continuar a rejeitar a Homossexualidade.

“Eu sou defensor do casamento. Sou a favor da fidelidade. Sou a favor do amor, se é um homem e uma mulher, uma mulher e uma mulher, um homem e um homem. Eu acho que o navio já partiu e eu acho que isso é uma necessidade da igreja. Eu penso que este é o mundo em que estamos vivendo e temos de alcançar as pessoas onde quer que estejam”, afirmou o sábio pastor.

17 de março de 2015

Novela Babilônia tem beijo Lésbico logo no primeiro capítulo

Beijo Lésbico entre atrizes de peso no horário nobre da Globo

A nova trama das nove, “Babilônia”, começou quebrando tabus. O beijo Gay aconteceu logo no primeiro capítulo entre dois monstros sagrados da teledramaturgia e entre mulheres da terceira idade!

A sequência histórica ocorreu entre Teresa (Fernanda Montenegro) e Estela (Nathália Timberg) na primeira aparição das duas, que formam um casal, em uma conversa rotineira.

O beijo demorado (ao som de Maria Bethânia) foi comemorado por famosos como Ana Carolina, Astrid Fontenelle e Jean Wyllys e por milhares de pessoas nas redes sociais.

A trama agradou muito o público hétero e Gay. Também poderemos acompanhar um duelo de vilãs: Beatriz (Glória Pires) e Inês (Adriana Esteves). E ainda tem um casal Gay muito fofo interpretado por Marcos Pasquim e Marcello Melo Jr.

Finlândia legaliza oficialmente o Casamento Gay

Finalmente o Casamento Gay foi legalizado no país

A união entre pessoas do mesmo sexo agora é legal na Finlândia. O presidente do país, Sauli Niinistö, assinou a lei no final de fevereiro.

No entanto, a nova lei só será válida a partir de 1º de março de 2017. Ela foi aprovada no Parlamento do país em novembro do ano passado.

A Finlândia foi o último país nórdico a legalizar o Casamento Gay. Islândia, Suécia, Noruega e Dinamarca já autorizaram a união Homo nos últimos anos.

9 de março de 2015

Papa recebe grupo católico Gay com tratamento VIP no Vaticano

A igreja está se modernizando rápido na inclusão dos Gays

Um proeminente grupo católico Gay dos Estados Unidos recebeu tratamento VIP no Vaticano pela primeira vez em uma audiência com o Papa Francisco, um gesto que seus membros viram como um sinal de mudança na igreja católica. 

"Isto é sinal de um movimento devido ao efeito Francisco", disse a irmã Jeannine Gramick, co-fundadora do New Ways Ministry, que prega para católicos Homossexuais e divulga os direitos dos Gays na igreja de 1,2 bilhão de fiéis.

Gramick e o diretor-executivo Francis DeBernardo conduziram uma peregrinação de 50 católicos Homossexuais à audiência na Praça de São Pedro. Mais tarde, eles disseram à Reuters em uma entrevista que quando o grupo foi a Roma em peregrinações anteriores durante os papados dos antecessores de Francisco, João Paulo 2º e Bento 16, “eles simplesmente nos ignoraram”.

Desta vez, um bispo norte-americano e uma autoridade de primeiro escalão do Vaticano apoiaram seu pedido, e eles se sentaram em uma seção dianteira com dignitários e grupos católicos especiais. Quando o Papa passou, entoaram “Todos São Bem-vindos”, um hino que simboliza seu desejo de uma igreja mais inclusiva.

“O que isto diz é que há um movimento em nossa igreja, um movimento para acolher pessoas de fora mais próximas de dentro”, declarou Gramick.

Em outubro passado, bispos de todo o mundo reunidos em um sínodo em Roma para discutir questões relacionadas à família emitiram um relatório provisório pedindo maior aceitação aos Gays na instituição.

DeBernardo disse que casais católicos de Gays e Lésbicas e outras famílias não-tradicionais deveriam ser convidados para a ocasião para falar aos bispos sobre sua fé e sua sexualidade.

Empresário Douglas Drumond se casará com seu noivo em 2015

Os noivos Douglas Drumond e Luiz da Silva se casam em março

O empresário e jornalista Douglas Drumond, dono do famoso hotel para solteiros Chilli Pepper, vai se casar no próximo dia 14 de março em São Paulo.

A cerimônia vai acontecer na Igreja Luterana Escandinava, instituição religiosa que celebra uniões desde 1974 entre cristãos de diferentes religiões. Essa será a primeira vez que a igreja irá realizar um casamento Homoafetivo. O espaço fica na zona sul de São Paulo e foi construída pelo arquiteto Kristian Unoinius, da Finlândia, e tem capacidade para 250 pessoas.
 
Douglas e seu noivo, o segurança Luiz da Silva, subirão ao altar vestidos com ternos assinados pelo conceituado alfaite mineiro Marcelo Blade. Um coral e uma orquestra instrumental regida pelo maestro Renato Bevilacqua receberão os noivos na hora do “sim”.

A cerimônia religiosa será ministrada pela pastora Lanna Holder da Igreja Inclusiva Cidade do Refúgio. Rodolfo Reis, responsável pela decoração, vai apostar no Garden clássico, trazendo ervas aromáticas e flores nas gamas de verde e branco.
 
A festa, para cerca de 200 convidados, será no espaço escandinavo. O buffet Charlô, um dos mais requisitados do país, está responsável pelo cardápio da festa, que promete ser regada a muito champanhe.

O evento também vai contar com uma deliciosa mesa de doces finos como bombom de chocolate belga com recheio de pistache, baba de moça com fruta Physalis em cestinha de chocolate ao leite e outras iguarias.

Anna Gelinskas vai comandar a festa acompanhada da banda George Freire. Logo depois, o DJ André Pomba, residente da boate A Loca, vai colocar todo mundo pra dançar.

Douglas e Luiz noivaram durante um cruzeiro pela Europa em agosto de 2014. Os dois se conheceram em 2013 em São Paulo. A união promete movimentar a cena LGBT de São Paulo com a presença de convidados ilustres, jornalistas e personalidades da mídia.

8 de março de 2015

Vencedor Gay do Oscar emociona a plateia com seu discurso

Graham Moore discursa contra o preconceito

Graham Moore levou às lágrimas a plateia do Dolby Theatre, em Los Angeles, durante a 87ª cerimônia de entrega do Oscar.

Vencedor da categoria melhor roteiro adaptado por “O Jogo da Imitação”, o jovem escritor fez um discurso exaltando a diferença.

Moore contou que aos 16 anos tentou se matar por se sentir estranho, diferente de todos. Então, ele disse: “Continue estranho. Continue diferente. E quando for a sua vez, e você estiver aqui no palco, por favor, passe essa mensagem para outra pessoa”.

“O Jogo da Imitação” fala sobre o matemático Gay Alan Turing, que ajudou a salvar milhares de vidas durante a Segunda Guerra Mundial decodificando códigos secretos nazistas, mas que foi acusado e condenado à castração química apenas por ser Gay.

27 de fevereiro de 2015

Filho de Marília Gabriela beija gostoso um homem no carnaval

Um beijo é sempre um gesto de carinho

Teodoro Cochrane, filho da apresentadora Marília Gabriela, não ficou no zero a zero no carnaval de Salvador.

Na madrugada de segunda-feira, 16/02, ele foi clicado aos beijos com um moreno bonitão.

A Bahia, aliás, está promovendo beijaços Gays durante todo carnaval. Na sexta-feira, 13, rolou no trio de Cláudia Leitte.

No dia seguinte, o beijaço Gay foi durante a apresentação de Ivete Sangalo. Também teve beijaço Gay do trio da Daniela Mercury.

A tendência é que vire uma tradição de carnaval nos próximos anos.

25 de fevereiro de 2015

Cantor Sam Smith vence o Grammy e declara que tem orgulho de ser Gay

Sam Smith tem orgulho e talento

Não é fácil terminar um relacionamento, todo mundo sabe disso. Mas, para alguns, dar a volta por cima pode ser realmente positivo.

Esse é o caso de Sam Smith, que levou quatro Grammys para Londres na noite do domingo (08/02) pelo seu álbum solo, In The Lonely Hour.

Lançado em maio de 2014, ele escreveu canções sobre amor e a ruptura de um namoro impossível com quem ele considerava o homem de sua vida. Essa coragem e talento lhe renderam os prêmios tão cobiçados.

Ao receber o quarto Grammy da noite e consagrar-se o maior campeão do prêmio norte-americano, Sam subiu no palco e já tinha esgotado seus discursos de agradecimento. 

Afinal, já tinha falado da gravadora, da família, dos amigos e de outras pessoas nos três primeiros discursos. Foi então que o britânico falou de seu muso inspirador, ou melhor, o ex que o deixou na depressão que impulsionou sua carreira.

“Essa é a melhor noite da minha vida. Só um recado: gostaria de agradecer o homem que inspirou essa música, por quem me apaixonei no ano passado. Muito obrigado por partir meu coração, você me fez ganhar quatro Grammys”, contou o rapaz, levantando a plateia em risos e uma salva de palmas.

Sam levou para casa os prêmios de Gravação do Ano, Música do Ano, Artista Revelação e Melhor Álbum Pop do Ano.

Assumidamente Gay, Sam já declarou que chegou a se preocupar com o fato de sua sexualidade poder afetar a carreira na música, mas parece que isso tem ajudado o cantor a se firmar como uma das estrelas da música mundial.

Em seu mais recente clipe, ele chora a morte de um possível marido, num velório dentro de uma Igreja. Mais uma vez os britânicos mostram que não estão para brincadeira quando o assunto é música de boa qualidade!

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails